A EERP
em números

» Graduação

Graduação »
Procedimentos em Caso de Acidentes

  • Informações gerais
    • Apoio
      Serviço de Graduação
    • Telefone
      +55 16 3315-3388
    • E-mail
      gradenf@eerp.usp.br
Procedimentos em caso de acidentes com estudantes durante a realização de atividades didáticas

Acidente com exposição a material potencialmente contaminado
O aluno tem contato com material biológico (sangue, fluído com sangue, sêmen, secreção vaginal, liquor cefalorraquiano, líquidos, tecido) ou instrumentos contaminados com esse material. Toda exposição a material biológico ou em caso de dúvidas, o aluno deverá procurar o docente.
Importante: o aluno não deverá fazer sua autoavaliação de risco do acidente, devendo sempre comunicar-se com o docente.

Procedimentos:
1.    o aluno deverá comunicar imediatamente o docente da EERP e o enfermeiro do serviço sobre o acidente;

2.    o docente e/ou o enfermeiro do serviço e o aluno deverão:

    a) avaliar a natureza da exposição para administração dos cuidados locais:
    - Exposição percutânea: limpeza imediata com água e sabão; lavagem com solução antisséptica degermante – PVPI;
     - Exposição mucosa: lavar imediata e prolongadamente com soro fisiológico ou água (mais de 5 minutos)
   
    b) verificar a possibilidade de identificação do paciente-fonte;
   
    c) em caso afirmativo, tomar providências para abordagem/aconselhamento e posterior colheita de sangue, o mais rápido possível, para testes anti HIV e hepatite B, mediante consentimento explícito do paciente. O paciente deverá ser instruído quanto ao local para recebimento do resultado dos exames. Deverão ser coletados 2 frascos de 5 ml. Após a colheita, os frascos deverão ser identificados e armazenados para o transporte até à UETDI do Hospital das Clínicas da FMRP/USP. É desejável a presença do enfermeiro responsável pelo serviço, durante a realização desta ação. Não coletar o sangue sem o consentimento do paciente fonte. Caso o acidente ocorra nas dependências do Hospital das Clínicas da FMRP/USP, solicitar ao enfermeiro responsável pelo serviço a colheita de sangue do paciente fonte, para posterior remessa à UETDI;
   
    d) o aluno deverá procurar o serviço médico da UETDI, imediatamente após os cuidados locais, apresentando-se como aluno da EERP, preferencialmente munido da carteira de identidade e do cartão USP. É desejável que o aluno esteja acompanhado pelo docente ou por um colega de turma;

    e) o aluno deverá entregar o material coletado do paciente fonte à UETDI, exceto se o paciente fonte for do Hospital das Clínicas da FMRP/USP;

    f) o aluno será submetido à avaliação, exames e estabelecimento do esquema de profilaxia, se necessário.

3.    Caso o acidente ocorra em instituição de saúde localizada em outro município, não integrante da DRS XIII, ou na impossibilidade de deslocamento do aluno, o docente e/ou o aluno deverão informar-se com o enfermeiro responsável pelo serviço sobre a existência de procedimento padrão a cargo da própria instituição de saúde para atendimento a profissionais expostos a material potencialmente contaminado e a possibilidade de estender a assistência ao aluno. Em caso negativo, executar os procedimentos listados no item 2, acionando o docente para sanar eventuais dificuldades com o transporte do aluno.

4.    Na impossibilidade de identificação do paciente fonte, seguir os procedimentos listados no item 2, com exceção dos itens “ c” e  “e”.

5.    O docente e o aluno deverão preencher e assinar o relatório de acidentes em atividades didáticas, disponível na Assistência Técnica Acadêmica, sala 45, e entregá-lo a esta em até 96 horas após o acidente.

Obs.: UETDI
Atendimento 24 horas, de segunda a domingo, inclusive em feriados.
Hospital das Clínicas da FMRP/USP – Campus – 2º andar

Outros acidentes
Ocorrências sem exposição do aluno a materiais potencialmente contaminados. Exemplos: quedas, entorses, ferimentos provocados por instrumentos estéreis, etc.

Procedimentos:
1.    O aluno deverá comunicar o docente e o enfermeiro responsável pelo serviço sobre o acidente;

2.    Um profissional de saúde deverá avaliar a necessidade de primeiros cuidados no local e a necessidade de atendimento médico. Em caso de urgência, o aluno deverá ser encaminhado a um serviço de pronto atendimento da rede municipal de saúde ou ser atendido no próprio local, quando possível. Confirmada a necessidade de avaliação médica e descartada a necessidade de atendimento de urgência, orientar o aluno para agendar consulta na UBAS do Campus, situada à Rua Pereira de Freitas, casa 14, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 17 horas. Agendamento prévio de consultas: pessoalmente ou pelos telefones 3602-3614/ 3602-3539, munidos do número USP e cartão de retorno UBAS. Para especialidades não existentes na UBAS, o aluno deverá procurar atendimento na rede municipal de saúde.

3.    O docente e o aluno deverão preencher e assinar o relatório de acidentes em atividades didáticas, disponível na Assistência Técnica Acadêmica, sala 45, e entregá-lo a esta em até 96 horas após o acidente.
Voltar ao topo

Desenvolvido por