A EERP
em números

Guia para Intercambistas »
Depoimentos

“Realizando o intercâmbio eu conheci lugares maravilhosos e pessoas de culturas totalmente diferentes, enfrentei situações que nunca havia imaginado, melhorei muito o meu inglês e me desenvolvi como pessoa e como profissional.Fazer um intercâmbio é uma oportunidade maravilhosa que todos deveriam buscar. Eu recomendo! Abra os braços e abrace o mundo!”



Sabrina Elias (ex-aluna da EERP – realizou intercâmbio para Polônia pela AIESEC)





“Os estudantes que realizaram o primeiro estágio curricular em Ribeirão Preto consideram a experiência vivida durante o período um momento ímpar e tem contribuído bastante na vida profissional de cada um. Espera-se continuidade nas actividades de intercâmbio do género entre as instituições de ensino, de forma reflectir cada vez mais na melhoria da assistência de enfermagem prestada em Angola.”



Grupo de alunos de Angola que realizou estágio curricular na EERP


“O intercâmbio entre o Instituto Superior de Ciências de Saúde (ISCISA) e a EERP-USP que data de longos anos, tem contribuído para desenvolvimento da enfermagem em Angola no domínio de formação graduada através da realização de estágios curriculares de estudantes finalistas. A experiência obtida motiva-nos a continuar com o intercâmbio e certamente estender para a formação pós-graduada. Manifestamos os nossos agradecimentos pelo contributo que a EERP-USP tem prestado no desenvolvimento da Enfermagem em Angola.”


Profa. Dra. Conceição Vieira Silva e Prof. Dr. Manuel Simão, Diretora e Decano do ISCISA





"O intercambio foi realização de um sonho pessoal, é uma experiência de vida única. Penso que mais alunos deveriam ter tal oportunidade, por ser um modo enriquecedor de conhecimentos. Conviver com pessoas de outras culturas me fez ampliar a visão de mundo, bem como ampliação de contatos e amizades. A integração proporcionou trocas ricas sobre línguas e dialetos, questão social, política, econômica, religiosa e cultural".


Talita de Cássia Raminelli da Silva (aluna de graduação da EERP, foi bolsista Santander na Universidade de Évora, Portugal)




"Viver em outro país é muito importante no momento de formação e vai ao encontro do movimento de internacionalização das universidades... é um momento de estabelecer novas amizades, experiências e vivências, sempre lidando com o conflito entre os conceitos formados devido a um determinado contexto do qual viemos e os conceitos provindos de outra cultura... o que nos move internamente a compreender alguns aspectos que antes não enxergávamos".
José Renato Gatto Júnior (aluno de graduação da EERP, foi bolsista Santander na Universidade Autônoma de Madri, Espanha)

Voltar ao topo

Desenvolvido por